Últimas Notícias

Publicidade

Baturité

Outras Opções

Caio Prado

7 de maio de 2012

Carolina Dieckmann

Carolina
Carolina Dieckmann
   Após três horas de depoimento, a atriz Carolina Dieckmann deixou a DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática) por volta das 16h30 desta segunda-feira (7) sem falar com a imprensa. Ela esteve no local por mais de sete horas para falar sobre o vazamento de suas fotos íntimas ocorrido na sexta-feira (4). As declarações a respeito do caso serão emitidas pela assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio de Janeiro.
   Um cordão de isolamento foi instalado no caminho que levava a atriz até seu carro, no qual entrou rapidamente acompanhada do marido, Tiago Worcman. Seguranças também estavam com ela para evitar mais tumulto, já que muitos curiosos se concentravam na porta da delegacia.
Segundo o advogado da de Dieckmann, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, no depoimento ela confirmou ter sido vítima de extorsão e afirmou ter tentado armar um flagrante, auxiliada por gente especializada neste tipo de situação. Além de emails, a atriz disse ter recebido telefonemas do chantagista, nos quais ele estaria cobrando R$ 10 mil para não divulgar as imagens em que aparece nua e em momentos de privacidade.
   As fotos foram parar em um site pornográfico hospedado na Inglaterra e Kakay fez um pedido formal para a retirada delas do ar, o que já foi feito. O próximo passo será entrar com duas ações na Justiça: uma para aplicação de multa diária para os sites que mantiverem as fotografias de Dieckmann, e outra para penalizar criminalmente os responsáveis pelas cópias das fotos íntimas diretamente do notebook da atriz.
   Além disso, Kakay já solicitou aos sites de busca, como Google e Yahoo, que seja impedido o acesso às imagens da atriz por meio destas plataformas.              Dieckmann vai disponibilizar aos agentes da DRCI seus dois notebooks pessoais para perícia. Num deles estão as 36 fotografias que agitaram as redes sociais no último final de semana. No outro, as conversas por e-mail com o suposto chantagista, que teria pedido R$ 10 mil para não liberar as fotos.
   O depoimento e o requerimento de um inquérito formal só puderam ser formalizados nesta segunda-feira por que a delegacia especializada não dá plantão durante o final de semana. Dentre todos estes procedimentos, o mais importante será reconhecer o endereço IP - uma espécie de registro que identifica a máquina que subiu as fotos no site provedor.
   O computador pessoal de Carolina Dieckmann passou recentemente por uma pane elétrica e foi levado para a assistência técnica, mas o advogado da atriz preferiu, ao menos por enquanto, não apontar suspeitos e deixar que a própria investigação da DRCI aponte os culpados. Não está descartada a ação de hackers.
   O advogado contou que Carolina está muito magoada com a situação, mas não se arrependeu de não ter cedido à chantagem. Para ele, o agravante da situação foi o fato de que José, filho caçula da atriz de 4 anos de idade, aparecia em uma das fotos. "É grave e cruel, mas ela agiu com muita dignidade", afirmou.

Imagens de Posts Relacionados a Itapiúna

 
Copyright © 2013 Itapiúna Informa - Você Sempre Bem Informado!
Site Desenvolvido Por Foto e Art Oliveira