Últimas Notícias

Baturité

Caio Prado

2 de março de 2016

Microcefalia no Ceará já soma 11 mortes, um caso em Canindé e outro que está sendo investigado em Quixeramobim

A Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) confirmou mais uma morte de bebê com microcefalia, segundo dados divulgados em novo boletim, do dia 29 de fevereiro. Até a semana passada, eram contabilizadas dez mortes, mas foi acrescentado um caso, notificado em Iguatu. Outras dez mortes são investigadas. 
Caso os registros de mortes em investigação sejam confirmados, o número de mortes de bebês em decorrência da microcefalia passará para 21. Até o momento, foram confirmados óbitos em Canindé, Crateús, Fortaleza (3), Iguatu, Ipaumirim, Maracanaú, Morrinhos, Russas e Tejuçuoca. 
Estão em investigação registros de morte de bebês em Acarape, Canindé, Fortaleza (4), Jucás, Maracanaú, Pacajus e Quixeramobim. , 
Desde outubro de 2015, 352 casos da doença já foram notificados, sendo que apenas 33 deles foram confirmados. Ao todo, 271 casos estão em investigação. Dos casos confirmados, um teve diagnóstico laboratorial confirmado para vírus zika e 32 foram encerrados por critério clínico-radiológico. 
Considerando a relação entre o zika (transmitido pelo aedes aegypti) e os casos de microcefalia, a Sesa recomenda às gestantes utilização de repelente e cuidados com o mosquito, como eliminação de criadouros e uso de vestimentas de manga comprida. Além disso, destaca o acompanhamento pré-natal das grávidas, com a realização de todos os exames médicos. 
Brasil
Nesta terça-feira, 1º, o Ministério da Saúde confirmou 641 casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita. Outras 1.046 notificações foram descartadas, mas o ministério e os estados investigam ainda 4.222 casos suspeitos em todo o país.
Do O Povo.
 
Copyright © 2013 Itapiúna Informa - Você Sempre Bem Informado!
Site Desenvolvido Por Foto e Art Oliveira