6 de junho de 2016

Prefeitura cearense pagará R$ 100 mil por erro de médica que insistiu em fazer parto normal

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) determinou que a Prefeitura de Capistrano, a 110 km de Fortaleza, deve pagar R$ 100 mil de indenização por erro de médica durante parto que resultou na morte de feto. Para o relator do caso, desembargador Paulo Francisco Banhos Ponte, ficou claro a ocorrência de erro médico, “que resultou no comprometimento grave do estado de saúde da paciente e a perda do seu filho”, informou o site do Tribunal de Justiça do Ceará.

Em 5 de maio de 2012, uma gestante, com nove meses de gravidez, entrou em trabalho de parto e se dirigiu ao Hospital Nossa Senhora de Nazaré. Ao chegar lá, foi atendida por uma médica que decidiu realizar parto normal, mesmo depois de ser advertida pela paciente de que a gestação era de risco.
Na ocasião, o procedimento apresentou complicações e a profissional de saúde transferiu a grávida para outro hospital, em Baturité. Lá, foi constatada a morte do feto. Além disso, a mãe sofreu complicações e precisou ser removida para Fortaleza, sob risco de morte.

Por essa razão, a paciente registrou Boletim de Ocorrência e ingressou com ação na Justiça. Alegou que o óbito do filho ocorreu por erro médico. Na contestação, a Prefeitura argumentou ausência de responsabilidade, pois a médica que fez o procedimento não era servidora do município, mas contratada por meio de acordo verbal.
Danos morais

Em setembro de 2013, a juíza Patrícia Fernanda Toledo Rodrigues, da Vara Única de Capistrano, julgou procedente o pedido, determinando o pagamento de R$ 100 mil, a título de danos morais. A Prefeitura apelou da decisão.

A 1ª Câmara Cível manteve a sentença de 1º Grau, por unanimidade, na última segunda-feira (30). O desembargador destacou que “a conduta da médica, agente do Município, foi negligente e desproporcional, acarretando em verdadeira violência obstétrica na paciente que, apesar de ter dito ter uma gravidez considerada de risco, sofreu durante horas a ponto de ser transferida, sangrando muito devido a uma episiotomia que sequer fora suturada”.
Do Tribuna do Ceará.

3 de junho de 2016

Marcos Feliciano: Pastor e Deputado Federal, participará do XII Ceará para Cristo em Quixadá

O Pastor e Deputado Federal Marcos Feliciano (PSC-SP) estará em Quixadá no próximo dia 30 de julho para o encerramento do XII Ceará Para Cristo, evento ligado à Igreja Assembleia de Deus, e que pretende reunir milhares de pessoas neste município do Sertão Central do Estado.

Feliciano é considerado um dos políticos mais polêmicos de Brasília, dadas as suas posturas conservadoras, a favor da família tradicional e efetivamente contra a crescente influência dos grupos LGBT’s no cenário político nacional.

Crítico, em especial, da ideologia de gênero, Feliciano tem ensinado, em todo lugar em que vai, que a ideologia de gênero é contrária à natureza. Ele denuncia o PT por ter tentado impor ao Brasil o ensino de que o sexo não é definido, em sua palavras, “pelo que as pessoas tem entre as pernas”.

Sua mais recente polêmica esteve relacionada com o fechamento do Ministério da Cultura – já reaberto pelo presidente interino, Michel Temer -, quando ele orientou os artistas insatisfeitos a procurarem o Ministério do Trabalho e, em suas palavras, mandou que eles fossem ‘arrumar o que fazer’. “Vão arrumar o que fazer. Parem de ficar sugando nas ‘tetas’ do governo”, disse. Obviamente, as reações aos comentários de Feliciano foram dos louvores ao ódio.

Em Quixadá, Feliciano deverá ser recebido por milhares de fiéis e outros que acompanharão o encerramento do “XII Ceará Para Cristo”.

20 de maio de 2016

,

Quadrilha promove arrastão em Itapiúna e assaltam vários comerciantes em Caio Prado e na Sede

Itapiúna
Quadrilha armada com armas de fogo composta de pelo menos cinco indivíduos aterrorizaram os moradores de Caio Prado e em um verdadeiro arrastão assaltaram vários comerciantes daquele distrito.
O sinistro audacioso aconteceu na última quinta-feira 19, pela a manhã, os comércios que escaparam dos meliantes trataram de fechar suas portas, comerciantes do distrito de Juá - Quixadá temendo que o grupo poderia ir agir naquela localidade trataram de baixar as portas também.
A quadrilha estava em posse de um fiat uno caracterizado como um veiculo de propriedade da prefeitura municipal de Itapiúna, o carro da saúde, lembrando que na última terça - feira 17, um carro da saúde do distrito de Palmatória tinha sido roubado.
A  polícia saiu em diligência e por volta das 15 horas conseguiu capturar dois dos bandidos nas proximidades do distrito Palmatória, o carro usado nos assaltos também foi encontrado, o mesmo estava abandonado na localidade Carrapateira, Itapiúna.
Informações extra oficiais dão conta de que a polícia já teria capturado mais dois dos elementos no inicio da noite.
Um dia antes a agência dos correios de Itapiúna foi alvo de bandidos, dois homens em posse de revolveres assaltaram a agência e clientes da mesma, e em seguida fugiram em uma moto não identificada, na ocasião do sinistro a polícia militar estaria para Caio Prado depois de ter recebido um trote que naquele distrito estaria acontecendo uma ocorrência.

19 de maio de 2016

Dilma anuncia denunciar Temer em viagens pelo o Brasil priorizando o Estado do Ceará

Dilma
A presidente afastada Dilma Roussef volta nesta segunda a Brasília onde transformou o Palácio Alvorada em seu bunker contra o impeachment e para denunciar o golpe do vice em exercício do Planalto, Michel Temer. Uma de suas decisões é viajar por todo o Brasil é também ao exterior para buscar apoios para reassumir o cargo.

Dentro desse movimento pela volta de Dilma ao Planalto se destaca o Ceará. O governador Camilo Santana não reconhece Temer, muito menos os irmãos Ferreira Gomes: Ciro, Cid e Ivo Gomes. Assim, o Ceará agendou um ato Fora Temer para o dia 29 de maio em Fortaleza. Dilma será convidada e deve comparecer. O protesto deve o retorno da presidente, porém se isso for impossível quer a renúncia de Temer e a convocação de novas eleições presidenciais.

Ciro Gomes é candidato ao Planalto. Torce para que o procurador geral da República, Rodrigo Janot, demore a julgar Cid. Só dessa maneira sua candidatura presidencial segue viva. Janot denunciando Cid por ter recebido uma propina de R$200 mil da empreiteira Odebrecht segue para as mãos do juiz Sérgio Moro em Curitiba. Aí, o destino de Cid estaria selado: uma dura condenação que incluiria até cadeia. Essa decisão ocorrendo atrapalha os voos de Ciro rumo à sucessão de Temer.
Do Ceará News7.