Últimas Notícias

Baturité

Caio Prado

Programas Sociais

Itapiúna

Cidade

14 de novembro de 2017

Prefeitura realiza casamento comunitário para casais carentes em Aracoiaba

Os casais que vivem juntos e que sonham em um dia poderem terem seu casamento mas por não ter condições financeiras de realizarem a cerimônia vem ao longo dos anos adiando o tão sonhado sonho de oficializar o matrimônio.
Sem ser preciso nenhum programa de televisão ou coisa parecida no Maciço do Baturité, este sonho poderá ser realizado, precisa apenas que tenha um grande amor ao seu lado e que resida em Aracoiaba. Muitos terão seus sonhos realizados através da Secretaria de Assistência Social do Município.
A secretária está recebendo inscrições dos noivos com a intenção de oficializarem o casamento. Será realizado em Aracoiaba um casamento comunitário para atender a todos estes casais que não conseguem realizarem seus sonhos de casarem-se.
As inscrições já estão abertas, vai de 08 até o dia 17 de novembro. PERFIL: Casais que vivem juntos, Casais em situação de pobreza e com cadastro único. Maiores informações procurar a Secretaria de Assistência Social.
Fonte: Sertão Alerta.

9 de novembro de 2017

Pai fica indignado por filha de 09 anos receber caderneta da saúde da adolescente

A criança de iniciais N.M.L.L de 09 anos foi uma das crianças de Itapiúna a receber a dose da vacina contra HPV, a mesma mora em Caioprado distrito daquele município, segundo a mãe da garota a mesma ao tomar a dose da referida vacina recebeu das mãos da agente de saúde uma cartilha intitulada caderneta de saúde da adolescente, a caderneta é bem educativa, porém o que deixou o pai indignado é que a mesma contem conteúdos que para ele é considerado impróprio para uma criança de 09 anos.

Na opinião do pai da menina esta caderneta deveria ser entregue apenas para crianças de mais idade, um dos erros erro disso tudo foi a agente de saúde entregar esta cartilha diretamente para a criança, dizendo apenas que se ela tiver alguma dúvida peça ajuda para mãe.
Procurada pelo o pai da criança a agente de saúde falou que ele fosse se avê com o ministério da saúde, que ela estaria fazendo o trabalho dela, o pai entende, o que ele não concorda é com a distribuição deste material para uma criança de apenas 09 anos.
A agente de saúde disse para a menina que ela poderia receber por já está na idade de pré-adolescência.
Sobre a vacina 

A vacinação contra HPV começou no Brasil em março de 2014, dando preferência as meninas pré-adolescentes e adolescentes. Desde então, milhões de jovens de 9 a 14 anos já receberam doses da vacina.

A Anvisa recomenda a vacina que previne HPV a partir dos nove anos de idade. Alguns estudos já comprovaram que a resposta imunológica do organismo é bem melhor em jovens com menos de 14 anos.

A aplicação da vacina é realizada em etapas. A segunda dose é aplicada sempre seis meses após a primeira, no caso de meninas com idade entre 9 e 14 anos. As mulheres com idade entre 15 e 25 anos, no entanto, devem apostar no esquema de três doses: a segunda vacina aplicada dois meses após a terceira e a terceira quatro meses após a segunda.
 
Copyright © 2013 Itapiúna Informa - Você Sempre Bem Informado!
Site Desenvolvido Por Foto e Art Oliveira